MÉTODOS, TEMAS VARIADOS

11 razões para amar os métodos ágeis

11 razões para amar os métodos ágeis
11 razões para amar os métodos ágeis

Eu poderia enumerar mais que 11 razões, mas acredito que essas são o suficiente para que você tenha, pelo menos, uma pitada de amor pelo Agile. Os métodos ágeis vem crescendo, consideravelmente, nos últimos anos e continuarão a crescer nos próximos. Segundo uma pesquisa realizada pela consultoria Gartner, até 2018 cerca de 75% das empresas de TI estarão utilizando os métodos ágeis. E não é apenas TI, ultimamente MUITOS casos de sucesso estão sendo encontrados em empresas que atuam além do TI. Mas, eu respeito se o cupido do Agile não te fisgou ainda, sendo assim, preparei 11 razões que te farão deixar de bancar o difícil. 😉

Time to market mais rápido

Equipes ágeis costumam lançar seus produtos mais rapidamente que equipes tradicionais. Essa velocidade ocorre por duas razões principais, primeiro pela produtividade das equipes e segundo pelo desenvolvimento incremental. Quando os clientes e stakeholders percebem esse benefício, gerado no time to market, aprendem que não é necessário esperar uma versão final do produto para poder comercializar ou utilizar o mesmo.

Gestão de mudanças de prioridade

Como você já sabe os métodos ágeis utilizam um processo incremental e iterativo. Isso ajuda a reduzir impactos na produtividade da equipe e facilita a vida dos clientes que desejam mudar suas prioridades no projeto. Além de evitarmos desperdícios e custos desnecessários, o planejamento e detalhamento do que deve ser feito é mantido sobre holofotes, porém, apenas daquilo que está mais próximo de ser feito, dando abertura para o cliente colaborar mudando ou incluindo novas prioridades.

 Melhor alinhamento entre TI e negócios

Uma das grandes dificuldades de uma empresa é utilizar a TI de forma eficaz para atingir objetivos mensuráveis nos negócios. A ligação que costuma ser ausente entre TI e negócios, principalmente em modelos tradicionais, é encontrada de maneira assertiva nos métodos ágeis. O diálogo frequente que ocorre entre a equipe e o cliente resulta em um maior alinhamento, ajudando organizações a atingirem seus objetivos.

Aumento na produtividade

A cultura ágil introduz uma transformação benéfica em qualquer equipe, podendo trazer o que chamamos de hiper produtividade, melhorando o seu desempenho em até 800% através de práticas e técnicas muito bem aceitas no mercado.

Aumento na qualidade

A qualidade é um ponto primordial em qualquer projeto, e também um desejo de muitas equipes. Se uma equipe aumenta o nível de qualidade dos produtos que desenvolve, automaticamente seu prestígio também aumenta podendo avançar de forma rápida e consistente.Os métodos ágeis aumentam a qualidade de um software por utilizarem diversas práticas respeitadas e recomendadas.

Maior visibilidade dos projetos

É necessário para a organização e alinhamento de um projeto que saibamos o seu andamento de forma fácil, visível e transparente. Os métodos ágeis por natureza já suprem essa necessidade através de ferramentas como, burndown-charts e card walls. Com eles é possível acompanhar perfeitamente e de forma prática a evolução de um projeto.

Redução de risco

Quando implementado de maneira correta os métodos ágeis reduzem inerentemente os riscos em um projeto. Através de ciclos curtos e incrementais, é possível entregar produtos potencialmente utilizáveis a cada ciclo, provando que o produto funciona, anulando problemas e diminuindo riscos.

Processo simplificado

Os métodos ágeis são adaptativos, possuindo menos papéis e artefatos. Isso gera um ganho de tempo exponencial e uma maior velocidade nas entregas, além de ser facilmente compreendido pela equipe. Processos tradicionais são mais burocráticos e prescritivos, favorecendo a inclusão de complexidade.

Redução de custo

Uma equipe ágil tem menos probabilidade de desenvolver funcionalidades inúteis ou pouco proveitosas em um projeto. Metodologias tradicionais, geralmente, tem dificuldade em entregar funcionalidades realmente necessárias para o cliente, aumentando assim as chances de falha. Com foco em entregar valor ao cliente, ciclos de desenvolvimento curtos e uma comunicação frequente, equipes ágeis são mais propensas a entregar funcionalidades efetivamente necessárias para o usuário final.

Equipes mais motivadas

Equipes motivadas são, geralmente, mais felizes no ambiente em que estão trabalhando, isso contribui para um aumento de produtividade e ajuda a manter os custos mais baixos em um projeto. A satisfação que os métodos ágeis provocam em uma equipe é entusiasmante, o ritmo se mantém sustentável no trabalho o que faz os funcionários o apreciarem mais. Além disso, são raros os casos em que um funcionário precisa realizar hora extra.

Gestão de equipes distribuídas

No Brasil a cultura de ter profissionais em diferentes cidades, estados ou ate mesmo pelo mundo esta crescendo consideravelmente. Os métodos ágeis apesar de defenderem a comunicação face a face podem sim cooperar para um desempenho similar ao de equipes reunidas, mas sem deixar de aproveitar as vantagens de se ter uma equipe distribuída. Equipes que possuam profissionais em diferentes regiões podem aproveitar a economia de custos e o poder de recrutar pessoas em diferentes cidades. Visitas de boas vindas e de contato, reuniões por telefone, vídeo conferência e reuniões regionais ajudam a gerir equipes distribuídas de maneira ágil.

Eai, xonou? 😉

Você pode gostar também